Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

30 de abril de 2008

A Verdadeira Rota do Blues

O primeiro passo é sempre o mais dificil! Mas não devemos ter medo de andar pela crossroad! Saimos do Zero! Ninguém pode sergurar o Blues! E aqui está nosso primeiro passo, nosso primeiro voo, nosso primeiro podcast na ROTA DO BLUES WEB RADIO!

Vamos nessa!
Convidados especiais: LeslieWest, Govt to Mule, Janis ( em Woodsctock), Little Walter, Zanata Blues Trio, Hot Spot Band!

O Rota do Blues Radio, versão rádio web (podcast) do primeiro programa da TV brasileira a abordar a história do gênero, está no ar.
A versão web tem a mesma proposta: contar a história do blues através de suas obras sonoras e seus inúmeros interpretes ao longo de sua história centenária. Um dos destaques principais do programa será mostrar o blues feito no Brasil através de bate-papos com músicos e afins que vivem o cenário do blues nacional.
Já estamos no ar!
Ainda é necessário baixar o link, no blog
http://rotadobluesradio.blogspot.com/para obter a primeira edição do programa. Breve estaremos mais simples.
Seja bem-vindo (a) na verdadeira Rota do Blues !!!
http://rotadobluesradio.blogspot.com/
http://www.rotadobluesradio.xpg.com.br/

29 de abril de 2008

Levantando acampamento


É com muita tristeza que anunciamos o fim do nosso trabalho à frente do Blues com Z.
Depois de 8 meses no ar, sofrendo todo tipo de contra tempos virtuais ou não, resolvemos parar por aqui.
A proposta inicial do Blues com Z era mostrar o Blues Rock Undergroud através do bom acervo oferecido por Johnny Adriani, com raridades e muita coisa jamais divulgada no Brasil. Isto foi feito durante 6 meses. Conseguimos, neste ínterim, mostrar que o Blues está super ativo nos 4 cantos do mundo e feito nos mais variados sotaques. Tivemos um retorno surpreendente de audiência.
Durante nosso trabalho, nos defrontamos com a proposta da emissora: fazer o programa ao vivo via Skype, uma ferramenta na internet das mais interessantes, só que ainda pouco eficiente e cheia de problemas.
Com muita dedicação e amor ao Blues fomos em frente, tentando descobrir alternativas para melhorar a qualidade de áudio do programa, visto que, até então, detectamos que o problema estava no Skype.
A partir dai resolvemos gravar em mp3 todas as falas, isso com a inestimável colaboração de Bob Tequilla, especialista em áudio. O programa deu um enorme up grade de qualidade de áudio e, acreditavamos ter encontrado a solução para os problemas. Mesmo sabendo que o Blues não era compatível com a programação da emissora.
Ainda assim o Blues com Z foi se mantendo líder de audiência ( acredite, o Blues tem audiência..rsrsrsr....) registrando recordes de participações em seu Chat e disparado o mais baixado do podcast da Zero.
Nas últimas cinco edições, após a saída do produtor musical, mudamos o perfil do programa. Resolvi dar uma guinada na proposta do programa e entrar de cabeça na divulgação do Blues nacional, tão rico e pouco divulgado. Criamos o pioneiro Blues com Z - 100% Blues Brasil - totalmente voltado ao gênero feito por brasucas.
Tivemos mais uma grata surpresa . Aumentou a audiência, triplicou a participação dos internautas no Chat da rádio e duplicou o número de downlouds. Tudo parecia que o espaço sonhado estava sendo conquistado.
Problemas surgiram e decidimos, então, levantar acampamento da ZERO RÁDIO e continuar nossa busca pela terra prometida.
Quem conhece Blues sabe que não é qualquer barreira que vai nos impedir de continuar trilhando nosso desejo de divulgar o gênero. Conheça o ROTA DO BLUES RADIO http://rotadobluesradio.blogspot.com/, novo podcast de Blues !!!!!!!!!!!!
No post seguinte mais informações sobre a verdadeira Rota do Blues!!!!!!!!!!!

Valeu e tá valendo!!
Edu Soliani!!!

24 de abril de 2008

Atração - 28/04/2008

ALÊ ROSSI

Na próxima edição do Blues com Z - 100% Blues Brasil(28/04) vamos destacar a 'MÁFIA DA MORTADELA" , grupo de músicos paulistanos, de diversas bandas. De acordo com unm de seus organizadores, ALÊ ROSSI (foto), baterista do grupo ELETRIC MUDDY, a Máfia da Mortadela é a reunião de músicos do Blues paulistano, unidos em prol da divulgação do estilo no estado de São Paulo, mas com a intenção de se estender por todas as regiões do Brasil.
ALÊ é nosso convidado para um bate-papo descontraido no programa, onde vai contar tudo sobre este movimento.

Veja a seguir uma prévia do papo que vai rolar no programa.

Blues com Z - Sua formação musical e trajetória.
Alê - Minha vida musical começou com 6 anos de idade depois de ficar impressionado ao ouvir um velho LP do Ray Charles do meu pai...adorei aquela sonoridade toda e me apaixonei de cara pela bateria. Nunca tive paciência prá estudar música, mas sempre fui muito curioso. Aprendi a tocar observando os bateristas (os bons e os ruins tb...ahahahaha). A primeira banda a qual participei foi no ano de 1984 aos 12 anos, ainda na época do colégio...éramos os "Colegiais em Decadência"...ahahahaahahahahaha...toquei até os 15, quando após sucessivos fracassos na escola, meu pai gentilmente sumiu com a minha bateria "Panther" e fiquei longos 16 anos sem tocar...Já aos 31, fui convidado pelo gaitista André Hohmer a formar uma banda.

Blues com Z - Quando o Blues entrou na sua vida?
Alê - O engraçado que surgiu aí mesmo!!! Quando o André me convidou prá tocar, em 2003, achei que fosse rock'n'roll, mas não....era o "tal" do Blues!!! aahahahaahahahaaa...O pouco que conhecia do gênero foi através daqueles famosos LPs do Ray Charles do meu pai, nada mais além disso. Interessei-me e corri atrás do tempo perdido, de cara ouvindo muito o cd "From th Cradle" do Eric Clapton, que tem um repertório variado em relação ao blues. Formamos a Electric Muddy, banda que ainda faço parte.

Blues com Z - Como surgiu a Máfia da Mortadela?
Alê - A Máfia da Mortadela surgiu em 2007 a partir da grande amizade em comum de músicos de várias bandas e adoradores do estilo.

Blues com Z - Quais são as bandas que fazem parte do movimento?
Alê - Hoje são elas: Marafa Blues, Black Coffee, Electric Muddy, Blues on the Table, Castigo Elétrico, 6467 Blues, Alcatéia e Cracker Blues. E fora as
bandas, amigos como o nosso queridíssimo Almo Braccesi, nosso brother Banha Blues, Marcos Mickail, entre outros.

Blues com Z - Qual o objetivo do movimento?
Alê - O objetivo é mostrar ao povo brasileiro que o nosso país tem muito do blues, seja através de shows em casas noturnas, bares, restaurantes, praças, festivais, eventos sociais, garagens, ruas e onde derem oportunidade prá mostrarmos nosso som e darmos o nosso recado: boa música e muita diversão ao melhor estilo blues brazuca!!!

Blues com Z - Qual a relação dos integrantes da Máfia com os velhos
blueseiros paulistanos?.
Alê - É uma relação de amizade, aprendizado e muito respeito. Os integrantes da Máfia são relativamente novos no estilo e com certeza aprendem muito com os velhos blueseiros, não só com os paulistanos, mas com os blueseiros de todo o país. Nós os vemos como nossos mestres e temos a intenção de sermos grandes músicos como eles um dia.

Blues com Z - Tá existindo um maior interesse das pessoas pelo Blues?
Alê - Ah, sim!!! A cada apresentação, mais e mais pessoas se interessam pelo estilo...adoram as músicas, participam dos eventos, navegam pelos sites, trocam músicas na rede, mandam sugestões nos diversos blogs existentes como por exemplo, o blog do Terremoto, com milhares de acessos semanais, do Blues Masters e do próprio blog Blues com Z. O importante é que os shows de blues sejam dinâmicos e que prendam a atenção dos espectadores, contagiando,
interagindo com eles, e isso faz com que o blues ganhe mais adeptos a cada dia.

Blues com Z - Quais os novos projetos envolvendo a Máfia da Mortadela?
Alê - Um projeto muito bacana, que por sinal teve sua primeira edição em 2007 e foi um sucesso, acontecerá no segundo semestre de 2008, provavelmente no mês de Agosto, que é o BLUES PELA VIDA. Promovido pelo grande (não só no tamanho, mas no coração) Banha Blues, esse grandioso projeto reúne várias bandas da Máfia da Mortadela e vários artistas consagrados do blues nacional e que angaria fundos prá uma determinada instituição de caridade.

Blues com Z - Deixe seus contatos e considerações finais.
Alê - Nosso principal contato é pelo site de relacionamentos Orkut - Comunidade da Máfia da Mortadela e comunidades das bandas citadas. Em cada uma dessas comunidades tem o endereço eletrônico de cada banda, telefones de contato e tudo mais que o adorador do bom e velho blues deseja. Edu, muito obrigado pela oportunidade de divulgar este nosso movimento,
obrigado pelo carinho e pelo que vc está fazendo pelo blues no Brasil. Esperamos que o blues brasileiro só cresça e ganhe mais e mais adoradores a cada dia. Agradeço aqui em nome de todos os integrantes da Máfia da Mortadela. Grande abraço!!!!

22 de abril de 2008

Atrações da próxima edição - 28/04/2008


O Blues com Z - 100% Blues Brasil - continua sua luta na divulgação do Blues feito por brasileiros. Já estamos fazendo história e outros tem aderido a idéia, felizmente.
Na próxima edição (28/04) vamos destacar a 'MÁFIA DA MORTADELA" (foto), grupo de músicos paulistano, de diversas bandas. Segundo ALÊ ROSSI, baterista do grupo ELETRIC MUDDY, a Máfia da Mortadela é a reunião de músicos do Blues paulistano, unidos em prol da divulgação do estilo no estado de São Paulo, mas com a intenção de se estender por todas as regiões do Brasil.
ALÊ é nosso convidado para um bate-papo descontraido no programa, onde vai contar tudo sobre este movimento (próximo post uma entrevista pontual com ALÊ).
No novo quadro do programa - OBRAS EM DESTAQUE - vamos conferir o segundo cd da BLUES ETÍLICOS, "Água Mineral"(foto) gravado em 1989, um dos discos que impulsionou o surgimento do Blues Brasil.
Vamos rolar, ainda, muita gente boa que, como nós, AMA O BLUES.
Outra atração, nesta edição inédita, é a sua participação no Chat da Zero Rádio em tempo real , o novo ponto de encontro de blueseiros de todo país.
Veja quem vai passar por esta edição:
01. Nasi & Os Irmãos do Blues
02. Ivam Márcio
03. Dillo D'Araujo
04. Blues Jeans
05. Boca Roxa
06. Robson Fernandes
07. Sergio Duarte com Robson Rocco
08. Marcelo Watanabe
09. Celso Salim
10. Adriano Grineberg com Vasco Faé
11. Rosane Correa
12. Blues Etílicos (Água Mineral)
13. Máfia da Mortadela (Eletric Muddy, Marafa Blues,Blues On The Table etc)

REPRISES - O Blues com Z ganhou mais uma reprise na grade da Zero Rádio. Além de quintas (21 h) e domingos (15 h), agora aos sábados ao meio dia. Se mesmo assim vc não conseguir conferir o programa, toda semana tem uma novo edição no podcast da Zero.

16 de abril de 2008

Atração 21/04/2008

BLUES SESSION ELETRIC BAND

Na próxima segunda (21/04), além de um playlist 100% Blues Brasil, o Blues com Z vai conversar com os integrantes da BLUES SESSION ELETRIC BAND www.myspace.com/bluessessionelectricband , grupo de Mogi das Cruzes/SP, que com pouco mais de três anos de estrada já conquistou o Top no portal português Palco Principal http://www.palcoprincipal.com/bluessessioneletricband com o cd+dvd de estréia do grupo, gravado ao vivo no Centro Cultural São Paulo em 2006.
A seguir, uma entrevista pontual com a banda que nos conta um pouco de sua trajetória.
Divirta-se!!!!!!!!!!


Blues com Z - Formação musical de cada integrante do grupo
Blues Session -


Anisio Mello Junior - Cantor e Baixista - Músico profissional desde 1981 ,estudou contrabaixo com o músico Rodolfo Stroeter do Grupo Pau Brasil ,entre outros , tendo formação que varia desde música instrumental brasileira ate' o blues e o jazz .
Big Paul - Guitarras - Músico profissional há 25 anos , proveniente de família de músicos , a princípio autodidata , teve como professores posteriormente , Mestre Pernambuco e o guitarrista Demma K . Sua formação musical diversa ,vai da música instrumental brasileira , ao blues, jazz e fusion .
Daniel Granado - Gaitista - Iniciou seus estudos no violão clássico com Mestre Vital Medeiros , logo após teve seus primeiros contatos com a gaita , onde estudou com os músicos Robson Fernandes e Sergio Duarte . Formação que varia do clássico ao blues e jazz .
Marcos Batera - Bateria - Estudou bateria com grandes músicos, como Duda Neves , Dinho Gonçalves , atua profissionalmente desde 1981 , com influências que variam do rock , jazz , blues e fusion .

Blues com Z -Como se deu o encontro para a formação da banda?
Blues Session
- A Banda se juntou em caráter informal no final de 2005 para arealização de alguns shows no Pub Arco da Velha , incialmente tocando instrumental . Em 2006 , com a entrada de Anisio Mello Junior no baixo e vocais a Blues Session define sua formação e repertório voltado ao blues .

Blues com Z - Quais são as influências musicais dos integrantes?
Blues Session -
As influencias são diversas , variam da musica classica , passando por musica brasileira , rock , blues , jazz e fusion .

Blues com Z - Como vem sendo a resposta do público ao cd/dvd do grupo?
Blues Session -
O pacote dvd ao vivo gravado no Centro Cultural São Paulo em 2006 , teve uma resposta muita legal por parte do publico e critica , apesar do carater totalmente independente da produção , temos obtido retorno durante os shows, onde comercializamos o produto também .

Blues com Z - Quais as maiores dificuldades em fazer blues no Brasil?
Blues Session -
As dificuldades são aquelas inerentes a fazer uma musica que não e' conhecida do grande publico e não tem nenhum respaldo da mídia . Dai as
conseqüências são inevitáveis , ou seja , pouco espaço para tocar , sendo que os melhores , tais como Sescs , festivais , etc , acabam tornando-se muito disputados e escassos . Os espaços alternativos , tais como bares , casas noturnas etc ..são muito poucos e também pagam pouco , ou alguns não pagam direito ... Mas acreditamos que mesmo assim , aqueles que fazem um trabalho musical competente encontram seu espaço , internet esta' ai pra todos com os portais mais variados para que possamos ser vistos , todos , democraticamente !!!

Blues com Z - No Brasil tem público para o Blues?
Blues Session - Por incrível que pareça tem sim , lógico que não e' um público imenso , mas existe sim e e' potencial . A Blues Session tem tocado nos festivais em cidades diferentes , e a gente percebe que as pessoas recebem muito bem o
trabalho . Curtem os shows , adquirem os cds e dvds etc . Acreditamos muito nos trabalhos feitos por prefeituras locais , um pouco mais afastadas dos grandes centros , com projetos culturais que se tornam uma boa alternativa para o público e consequentemente para os artistas .

Blues com Z - Qual a repercussão que a banda vem tendo no exterior?
Blues Session -
A Blues Session teve uma repercussão incrível no portal de musica portugues www.palcoprincipal.com , ficamos durante mais de 1 ano em primeiro lugar no estilo blues , e recebemos alguns contatos e ate' conseguimos alguns
lugares para tocar , mas teríamos que otimizar mais esses shows para que possamos viabilizar a viagem , mas continuamos com o projeto , mais vivo do que nunca .

Blues com Z - Quando sai o novo cd da Blues Session?
Blues Session -
Começamos a gravação do primeiro cd da Blues Session no final do ano passado , entramos no estudio e gravamos todas as faixas , que ainda precisam de aguns ajustes e também a masterização . Mas infelizmente tivemos que interromper temporiamente o projeto , para a solução de alguns problemas
particulares e de saúde de alguns componentes da banda , mas em breve retomaremos .

Blues com Z - O que vamos encontrar nesse novo trabalho?
Blues Session
-
O projeto Brazilian Blues Session e' um trabalho totalmente autoral , muito consistente e tambem corajoso , porque mesclamos ao blues , musica brasileira , jazz e fusion . termos alguns músicos e amigos convidados e
esperamos em breve finalizarmos o cd.

Blues com Z - Para conhecer melhor a banda, quais os canais que o internautadeve procurar?
Blues Session -
Estamos com 11 vídeos no youtube , referentes aos Shows do Centro Cultural SP , Mogi Jazz e São Lourenço Jazz Festival , e os portais
www.myspace.com/bluessessionelectricband e
www.palcoprincipal.com/bluessessioneletricband

Muito obrigado a todos e ao grande amigo Edu Soliani , guerreiro do Blues !!!!

15 de abril de 2008

Próxima edição - 21/04/2008

O Blues com Z - 100% Blues Brasil - da próxima segunda (21/04) vai destacar o grupo de Mogi das Cruzes/SP, BLUES SESSION ELETRIC BAND (foto). Além de conferir seu trabalho, vamos conhecer a trajetória da banda que, com pouco mais de três anos de estrada, já é Top Ten em sites especializados de Blues fora do Brasil (próximo post uma entrevista pontual com o grupo).
Vamos destacar também, nesta edição, mais alguns nomes e bandas brasucas que lutam para encontrar espaço e mostras que brasileiro tem muito feeling blues.
Outra grande atração desta edição é a sua presença no Chat da Zero Rádio www.zeroradio.com.br o novo ponto de encontro (segundas-feiras) de blueseiros de todo Brasil.
REPRISES - O Blues com Z ganhou mais uma reprise na grade da Zero Rádio. Além de quintas (21 h) e domingos (15 h), agora aos sábados ao meio dia. Se mesmo assim vc não conseguir conferir o programa, toda semana tem uma novo edição no podcast da Zero.
Veja quem estará na edição de segunda:

01. Maurício Sahady
02. Paulo Meyer & Burning Bush
03. Mr. Mojo
04. Bartenders com André Cristovam
05. Leandro Ferrari com Hot Spot BB
06. Marcelo Naves com Lancaster
07. Marzio Lenzi
08. Black Cadillac
09. Abluesados
10. Edvaldo Santana
11. Zanata & Blues Trio
12. Theo Werneck com Ivan Márcio
13. Black Coffee
14. Alex Rossi
15. Flávio Guimarães
16. O Bando do Velho Jack
17. Blues Session Eletric Band
Acompanhando essas feras, sempre aparecem outros.
Não perca!!!!!!!!!!!!!!!!!!

9 de abril de 2008

Atração - 14/04/2008

ROBERTO TERREMOTO

O Blues com Z de segunda (14/04) vai conversar com ROBERTO TERREMOTO, guitarrista e blogueiro paulistano, que vai nos contar como anda o Blues em Sampa. Vamos ficar sabendo também como um office-boy se tornou blueseiro.
Na seqüência, uma entrevista pontual com TERREMOTO das mais suculentas. Divirta-se!!!!!!!!!!

Blues com Z – Quem é Roberto Terremoto?
Roberto
Tenho 35 anos, sou paulista e criado nas ruas da Mooca.Sou vocalista e guitarrista de Blues, componho e escrevo um blog.Meu apelido Terremoto eu herdei do meu filho Pedro de 4 anos, o grande Terremoto BluesBaby.É, resumindo bem é isso.(Risos)

Blues com Z –-Quando começou a tocar guitarra?
Roberto
Com 12 anos, iniciei minhas aulas de violão, pois eu via meu pai tocando e cantando e de tanto pedir para me deixar tocar, ele me colocou em uma escola de música. Mas com 14 anos eu parei de tocar e abandonei o violão. Aos 18 anos, um amigo me convidou para cantar em um festival na minha escola, e isso foi minha volta à música. Nesse festival eu toquei com uma guitarra emprestada, e depois daquele momento meu objetivo era ter uma. Eu era Office-boy, e eu juntava todos os trocados, andava a pé de um lugar ao outro para guardar o dinheiro da passagem e parei de jogar flipper para não gastar. Depois de cinco meses estava com minha guitarra, na verdade era um cabo de vassoura com cordas, ela era terrível, mas foi a primeira e depois dela tive muitas outras.

Blues com Z – Como apareceu o Blues na sua vida?
Roberto
O Rock surgiu na minha vida muito tarde, praticamente na mesma época que eu comprei minha guitarra e o Blues veio algum tempo depois. Acho que quando eu tinha uns 20 anos, eu estava doente em casa e não fui trabalhar. Estava deitado no sofá de casa e a “Secção da Tarde” ia começar. Ao iniciar o filme, apareceu um cara com um violão batendo na porta de um quarto de hotel, nesse momento tive uma vontade de mudar o canal da TV, mas como na época eu não tinha controle remoto, fiquei com preguiça e resolvi assistir o filme. Mas momentos depois eu estava apaixonado pela trilha sonora e a história do filme (CROSSROADS) .Ao final do filme eu só tinha uma certeza, queria tocar Blues.

Blues com Z – Quem são suas maiores influências e seus Blues favoritos?
Roberto
BB king pois tem uma voz inacreditável e um fraseado maravilhoso, Albert Collins que é simplesmente um deus do Blues, Johnny Whinter pois é um dos melhores com o slide no mundo e Clapton que é um gênio. Esses são os mestres internacionais. No Brasil tenho alguns, como o mestre Celso Blues Boy que dispensa comentários, Marcelo Vera que tem um Slide nervoso, Celso Salim e Décio Caetano que na minha opinião são os melhores guitarrista do Brasil em atividade.

Blues com Z – Fale sobre as bandas que participou.
Roberto
- Minha primeira banda de Blues montei em 2000, com um grande amigo Fabbão(Batera), que hoje está na Garbage Truck. Sem duvida a Jafer Blue foi uma escola, pois eu tocava Rock e achava que sabia tocar Blues, apesar de até hoje não saber, mas enfim, aprendi muito com meu grande amigo Rogério Levatti, que é um guitarrista de blues maravilhoso, e um dos melhores que já vi tocando ao vivo e posso dizer que já vi muita gente tocar, mas infelizmente ele abandonou a música. E também aprendi muito com o gaitista Alex Dupas, ele é um conhecedor do assunto e toca muito. A Jafer Blue acabou em 2004 e depois dela eu e meu amigo Oswaldo “Cachorro Loiro”, formamos a Derivados do Blues e algum tempo mais tarde saímos para nos juntar à Black Coffee Band, que eu abandonei meses depois, mas deixei no meu lugar a melhor vocalista de Blues do Brasil, a magnífica Isabel Tavares. Um ano depois da minha rápida saída do Blues, voltei com a Marafa Blues, uma banda que aprendi, toquei e me diverti muito, mas depois de quase 3 anos com a banda eu sai. Acredito que vamos amadurecendo com o passar do tempo e hoje estou com uma cabeça focada em outros objetivos, quero gravar um trabalho 100% próprio e mostrar que o Blues em português tem futuro no Brasil. Para esse projeto que não tem uma previsão para acontecer, estou montando um time junto com um Guitarrista incrível, Rodrigo Burin, a Many Trouble.

Blues com Z – Fale sobre o Terremoto Blues Blog.
Roberto
Não podemos falar de Blog de Blues sem falar no grande Marcus Mikhail, que tem o melhor blog do gênero no Brasil, o Blues Masters(http://bluesmasters.blogspot.com/), e posso dizer que foi por causa do trabalho dele que coloquei minha vontade de escrever em prática. Como o Blues nacional é minha praia, resolvi escrever sobre as pessoas que fazem o estilo acontecer, dentro e fora dos palcos. A maioria dos entrevistados são pessoas que não tem espaço na midea, mas são mestres e por isso, me sinto na obrigação de mostrá-los ao público.

Blues com Z – O blog é uma ferramenta eficaz para a divulgação do blues?
Roberto
Para divulgar o Blues todos os meios de comunicação são válidos, e o Blog é uma dessas formas. Uso uma ferramenta em meu Blog que me mostra os acessos e as localidades desses acessos, e o bacana é que no início 99% dos visitantes eram de São Paulo, mas hoje tenho acesso da maioria dos estados brasileiros. Posso afirmar uma coisa, em alguns blogs os internautas podem aprender muito, sobre a história e como se tocar o blues, então se os blogs não forem eficazes ao menos são didáticos basta ter vontade de aprender e saber selecionar as informações.

Blues com Z – Vc tem algum projeto voltado para o Blues?
Roberto
Além do Blog e da minha banda, estou compondo algumas letras para a banda Black Coffee, que está preparando um CD próprio. Fora às coisas concretas, estou juntando informações para escrever um livro focado no Blues nacional. Não é uma tarefa muito fácil, pois não sou jornalista e me perco nas minhas idéias, mas prometo que um dia eu chego lá. (Risos)

Blues com Z – Deixe seus contatos e considerações finais.
Roberto
É uma honra estar nas páginas do seu Blog, não tenho palavras para agradecer o convite. Quero aproveitar para dizer aos blueseiroS, que só com a união de todos podemos fazer um movimento forte e respeitável. Tudo tem seu tempo para acontecer e o Blues nunca esteve tão bem quanto agora. E claro, se tiver um tempo visite meu Blog. http://terremotoblues.blogspot.com/

Paz e muito blues.


7 de abril de 2008

Próxima Edição - 14/04/2008

Nesta edição (14/04) do Blues com Z - 100% Blues Brasil - vamos destacar mais uma porção de blueseiros brasileiros que fazem do Blues seu estilo de vida. Cantando em inglês ou em português; em diversos estilos, originais ou misturando ritmos nacionais.... o blues brasileiro vai chegando devagar, quem compara não entende o que o nosso blues vai mostrar...é bom prá mim e prá você, prá qualquer tipo de gente....para quem não conhece,o blues brasileiro, tem gente que ouve blues o dia inteiro..... (trecho da música "O Blues Brasileiro" de Vasco Faé).
Na entrevista da semana, nosso convidado é o guitarrista e blogueiro ROBERTO TERREMOTO (foto), militante do Blues paulistano que vai nos contar como anda o Blues em Sampa. Próximo post uma entrevista pontual com ROBERTO.
Sua participação no Chat da Zero Rádio www.zeroradio.com.br é outra grande atração do Blues com Z.
Participe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Veja quem fará a trilha sonora desta edição.

01. Vasco Faé
02. Lancaster
03. Ari Borger
04. Big Gilson
05. Rodolfo Dameglio
06. Blues Etílicos
07. Marcio Maresia
08. Big Chico
09. Fernando Noronha
10. TNYFBB
11. Nuno Mindelis
12. Celso Blues Boy
13. Cachorro Cego
14. Irmandade do Blues
15. Marafa Blues
16. Denise Coelho
17. Roberto Terremoto
18. Décio Caetano
19.Castigo Elétrico
Junto com essa turma, vem muito mais gente.
Não Perca!!!!!!!!!!!!!!!

2 de abril de 2008

Atração 07/04/2008


MAURÍCIO SAHADY

O guitarrista carioca MAURÍCIO SAHADY é um dos pioneiros do Blues feito no Brasil. Ele será nossa atração, da próxima edição do Blues com Z (07/04), 100% Blues Brasil, numa entrevista descontraída , onde traça um panoroma do gênero praticado por aqui.
Confira aqui uma entrevista pontual com MAURÍCIO, que nos conta um pouco de sua trajetória.


Blues com Z - Sua formação musical.
Maurício
– Comecei tocando de ouvido; depois, estudei um pouco de violão clássico, que me ajudou muito na técnica de tocar sem palheta.
O Blues seguiu por minha conta, ouvindo e vendo os mestres.

Blues com Z - Quando apareceu o Blues na sua vida?
Maurício -
Em 1979, quando vi B.B. King pela primeira vez. Era um festival de jazz que rolava em São Paulo e era transmitido na íntegra pela TV Educativa, bons tempos aqueles

Blues com Z - Maiores influências.
Maurício B.B. King, Freddy King, Albert King, Otis Rush, T-Bone Walker, Albert Collins, Little Walter, Charlie Christian e Wes Montgomery .

Blues com Z – No novo cd “Laundromat 335” vc se rende ao inglês.
Fale sobre o Blues autoral em português e dos dois primeiros cds.
Maurício
Autoral é sempre mais difícil; em português, então, mais ainda; ainda mais quando há ortodoxos que sequer admitem tal possibilidade. Paguei um preço pela ousadia: fui preterido em alguns eventos. Poderia aqui fazer uma análise dos meus dois primeiros CDs – Blues Brasileiro e Vício Valvulado – mas, no final, é a opinião dos que levaram as “bolachas” pra casa que importa: a maioria gostou dessa fusão Blues –Brasil. Um amigo me contou que suas filhas pequenas(4 e 9 anos) sabem cantar todas as faixas do Blues Brasileiro, sabem até quando entra o solo de guitarra, os metais, etc. Já ouvi muitos relatos do tipo “Maurício, aquela tua música tinha que tocar em rádio”. Isso, há um tempo atrás, teria feito muita diferença - teria apresentado o blues a muitos brasileiros que até hoje nem sabem que ele existe.

Blues com Z – Vc já se interessou em mostrar seu Blues fora do país?
MaurícioÉ o que tenho feito ultimamente com o Laundromat 335.
Está tocando em várias rádios da Europa: França, Itália, Dinamarca e Holanda.Tenho recebido as” playlists” e é muito legal ver o nome ao lado de nomes como Robert Cray, Eric Clapton e outros nomes importantes da história do blues. A tendência é que outras rádios de outros países também se interessem.

Blues com Z –Vc, sendo um pioneiro do blues feito no Brasil, vê algum aumentom do interesse do Blues por aqui?
Maurício - Vejo, sim, um aumento do interesse no Blues, mas numa taxa bem abaixo do que seria interessante pra todo blueseiro. Claro que a internet contribui muito, mas continua aquela coisa do amigo que levou o amigo pra conhecer e, dependendo do show, o blues ganhou ou não mais um adepto.

Blues com Z – Em sua opinião, o que poderia ser feito para o crescimento do blues no Brasil?
Maurício -
Primeiramente, o que vc e outros poucos estão fazendo, que é dar oportunidade aos blueseiros tupiniquins de mostrarem seus trabalhos. Aparecer em programa de televisão seria muito bem-vindo. Também é muito importante que os artistas e as bandas se aperfeiçoem, não só tecnicamente, mas na interação com o público e na performance. Separar, realmente, o que é blues do que não é. Você pode até misturar estilos, mas a pegada, o feeling e a ” maldade”blueseiras têm que estar presentes.

Blues com Z - Fale sobre seu momento atual e seus novos projetos.
Maurício
– No momento, estou correndo com o recém-lançado “Laundromat 335”, que é uma homenagem aos grandes mestres do Blues. Tenho o prazer de estar trabalhando com os Blues Groovers – Otávio Rocha(Blues Etílicos); Ugo Perrota e Beto Wether, ambos ex-Big Allanbik. Dia 09/04 estaremos nos apresentando no Bourbon Street.

Blues com Z – Deixe seus contatos como, Myspace, Site e todos os seus endereços para o interessado em seu trabalho.
Mauríciowww.myspace.com/mauriciosahady

1 de abril de 2008

Próxima edição - 07/04/2008


A próxima edição do Blues com Z - 100% Blues Brasil (07/04), continua sua viagem pelos quatro cantos do país mostrando como se faz Blues por aqui. Entre veteranos e novatos confira, na seqüência, o que vamos rolar.
No bate-papo desta edição, nosso convidado é o guitarrista carioca MAURÍCIO SAHADY(f/abaixo)), que vai nos contar um pouco de seus mais de 20 anos na estrada do Blues. Próximo post uma entrevista pontual com MAURÍCIO.
Sua presença no Chat da Zero Rádio em tempo real é outra grande atração.
Veja quem vem para a festa:

01. Made in Brazil
02. Mario Fabri
03. Sun Walk & Dog Brothers
04. Yellow Cab
05. Solon Fishbone (f)
06. Blue Jeans
07. Big Allanbik
08. Deep Blues
09. Matuto Moderno
10. Blues For Sale
11. Celso Salim
12. Blues Session (f)
13. Dú Blues
14. Blues Etílicos
15. Tavinho Rangel & Blues & Bear
16. Maurício Sahady

OBS: Se você perdeu a edição de ontem (31/03), confira as reprises : quinta, 9 da noite e domingo, 3 da tarde ou a edição na integra no podcast da Zero Rádio.