Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

9 de outubro de 2007

Atração 15/10/2007


II. Raízes e Ícones

4. Johnny Johnson (1924-2005) - Pianista e compositor nascido em Fairmont Mn, Johnson foi um dos pioneiros do rock'roll. Foi parceiro de Chuck Berry em sucessos como Roll Over Beethoven e No Particular Place to Go. Começou a tocar piano aos 4 anos e mudou-se para Chicago depois da Segunda Guerra Mundial, onde tocou jazz e blues em clubes. Em meados do século XX, mudou-se para St. Louis onde formou o Johnnie Johnson Trio. Apesar de Johnson nunca ter sido muito famoso, iniciou sua parceria (1952) com Chuck Berry e ambos ajudaram a definir o rock em seus momentos iniciais. Com freqüência, Johnson compunha um tema musical ao piano e Berry o transcrevia para a guitarra e escrevia as letras. Depois de encerrar sua parceria com Berry, na década de 70, colaborou com Keith Richards, Eric Clapton, John Lee Hooker e Bo Diddley, entre outros artistas. Entrou para o Hall the Fame do Rock em 2001. Processou (2000) Berry por pagamento de direitos autorais e falta de reconhecimento artístico em meia centena de canções que, segundo ele, ambos compuseram juntos, mas perdeu a causa (2002), visto que o tribunal alegou muito tempo desde a composição das canções. Hospitalizado com pneumonia em 2005 e fazendo tratamento de diálise devido a problemas renais, morreu de causa não esclarecida em sua casa, em St. Louis, aos 80 anos, deixando mulher e vários filhos. -

Nenhum comentário: