Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

12 de novembro de 2007

Saiba mais sobre o Blues com Z


Blues com Z: Idéia velha com mentalidade nova

Há quase 2 meses no ar na Zero Rádio Web www.zeroradio.com.br , o Blues com Z não é um simples programa de Blues tocando velhos clássicos do gênero para dizer que ainda está vivo. Além de vivo com as veias latejantes, o Blues é um dos gêneros musicais que mais se renova no universo musical. Exemplo disto, mostramos no programa o que há de mais atual no Blues mundial e com todos os sotaques. O Blues não se resume ao velho lamento dos pioneiros que viviam todo tipo de agrúrias das suas épocas ou servindo de fonte para as velhas Big Bands dos anos 40 e, para o Jazz de todos os tempos. No Brasil, por exemplo, o nome Blues só foi devidamente reconhecido a partir dos anos 80 já que, até então, o Blues era rotulado como baladas e rock. Hoje ele consegue ser referência em quase todo estilo musical contemporâneo e usa, sem desprezar o acústico, da mais avançada tecnologia para fazer soar seus acordes o mais alto possível, deixando seu filho mais novo, o rock and roll atual, com ares de mal passado.
A idéia de fazer um programa de Blues mostrando seu lado B, isto é, fora de seus manjados clássicos e sim o seu underground vivo no mundo inteiro, é uma velha idéia de Johnny Adriani, produtor musical do programa e possuidor de um dos maiores acervos de Blues Rock Underground já visto. Johnny, que desde os anos 70 está envolvido com o rock nacional, produzindo cenários para shows, capas de discos das principais bandas entre outras coisas, vinha procurando espaço para mostrar e elucidar a verdadeira cara do Blues atual. Em 2001, a idéia quase se concretizou na 89FM – Campinas, com o 89+Blues , que não se tornou realidade devido a desistência do patrocinador em cima da estréia. Agora, em 2007, com novo convite de Rony Viana, coordenador artístico da Zero Rádio. o mesmo da 89 FM da época, o Blues com Z se tornou realidade e vem mostrando a verdadeira mentalidade e alma do Blues moderno.

Parceria

Responsável pela produção musical e criador do designer gráfico da marca Blues com Z (nome que segue a linha da emissora – Zero Rádio), Johnny Adriani chamou, novamente, Edu Soliani, que seria o apresentador do 89+Blues, para comandar o Blues com Z. Edu, outro apaixonado pelo gênero, há quase 20 anos produzindo e apresentando programas de Blues em emissoras de rádio e TV (criou o primeiro programa de Blues da TV brasileira – Rota do Blues) pelo interior paulista, expert no assunto e, principalmente, amigo de longa data de Johnny, comungou com a idéia, consumando assim, a parceria. Além da apresentação do Blues com Z, Edu Soliani redireciona o formato do programa e escreve todos os textos do blog www.bluescomz.blogspot.com , extensão do programa onde fornece um mini perfil de todas as atrações apresentadas.

Perfil e objetivos

O Blues com Z tem como perfil destacar as raridades do gênero, apresentando pérolas pouco conhecidas, em todos os estilos do Blues, dando enfoque maior ao Blues Rock Underground mundial, este sim, estilo que podemos chamar com o verdadeiro espírito rock’roll .
E, claro, importantíssimo, dar espaço ao Blues feito no Brasil apresentando bandas e nomes que labutam pelo Blues na terra do samba. Seja divulgando seus trabalhos ou convidando-os para bate-papo, ao vivo, no programa.
O principal objetivo do Blues com Z é abrir espaço para o gênero na mídia, não importa em qual, visto que é tão ignorado, mal compreendido e, principalmente, marginalizado pela grande maioria (inclusive para muitos ditos ‘rockeiros’ que deram as costas para suas origens) mostrando a verdadeira realidade do Blues no Brasil e no mundo de maneira honesta.
No meio de todo lixo depositado (de todos os estilos, tanto daqui como de fora) nas cabeças desavisadas, até os valores humanos estão sendo mudados para pior e nós do Blues com Z, tentamos mostrar que nem tudo está perdido e existe, sim, muita coisa de qualidade a ser apreciada, especialmente o Blues.....com Z.

Um comentário:

Zanata disse...

O texto já diz e elucida muita coisa para nós que já estamos curtindo na raiz da Alma a qualidade e originalidade do BLUES COM Z nesses quase dois meses de programa.
Mas um outro ponto muito e tão importante quanto as qualidades citadas acima, é que a trinca, Rony, Edu, Johnny, está possibilitando aos que andavam bem discrentes(ME INCLUO AÍ) quanto aos rumos tomados pelo tratamento dado aos musicos que se atrevem a fazer Blues neste país...POSSIBILITANDO QUE A GENTE ACREDITE SER POSSÍVEL mostrar nosso trabalho sem nos preocuparmos se somos dessa ou daquela região do Brasil. Se somos amigos ou conhecidos deste ou daquele músico e / ou produtor de eventos de Blues como festivais e similares.
Podemos perceber um merecido espaço que geralmente é negado , ao Blueseiro que também se atreve a cantar em português suas músicas autorais e conviver numa boa com os fundamentais clássicos eternos do gênero, que vários musicos brasileiros interpretam com originalidade e feeling.
Portanto, o TAMANHO da importância de voces para a cena Blues no Brasil , meus caros, Johnny , Edu e Rony, ainda está longe de ser MEDIDA...E que maravilha isso não?
PARABÉNS !
E OBRIGADO PELA ATENÇÃO DE VOCÊS!
ABRAÇÃO BLUES DO FUNDO DA MINHA ALMA!