Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

19 de novembro de 2007

Pequena História do Blues Brasil - 1a Parte


Apesar de ser o mais antigo, o Blues foi o último dos estilos musicais a invadir o Brasil.
Graças aos modernos meios de comunicação, o Blues expandiu-se pelo mundo e chegou ao Brasil através do cinema na década de 20 no filme "O Cantor de Jazz", com Al Jolson, em 1927 e principalmente ao rádio e aos discos, o jazz aportou por aqui com força total.
Nos anos 30 e 40, vieram as Big Bands da Era do Swing. O Blues pegou carona no repertório do jazz, como pegou carona no Rock'roll dos anos 50, rock britânico dos anos 60, até os extremos da New Wave com o Punk dos anos 70. Só em meados dos 70 começaram a brotar aqui as primeiras bandas exclusivas de Blues, em sua maioria formada por jovens brancos de classe média saturados de rock e que não conseguiram encontrar na MPB uma identificação para seus anseios e seus estilos de vida.
Na MPB e no Rock nacional dos anos 70, ouvimos os primeiros Blues nas vozes de Gal Costa(Vapor Barato/1971/Macalé-Salomão), Elis Regina(Black is Beautiful/1971/Valle-Valle) e em bandas de rock como Made in Brazil, Ave de Veludo, Celso Blues Boy (foto). Destes, apenas Celso investiu no Blues. Na época, os formadores de opinião/imprensa envolvidos com rock chamavam o Blues de "rock-baladas".
Os festivais de jazz de São Paulo (1978 e 1980), Rio-Monterey (1980) e Free Jazz, a partir de 1985), trouxeram ao Brasil importantes figuras do Blues, como John Lee Hooker, Champion Jack Dupree, B.B.King, Albert King , Albert Collins, Big Joe Willians, Clarence "Gatemounth" Brown, Bo Diddley. A noite de Blues do Free Jazz tornou-se a mais concorrida do festival, reunindo 'bluesmen' de todas as matizes, velhos e novos, brancos e negros....continua....
Fonte: BLUES -Da Lama à Fama: Roberto Muggiati/1995.

Nenhum comentário: