Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

4 de dezembro de 2007

Os Festivais de Blues no Brasil - 1a Parte

Dentro de nossa pequena História do Blues feito no Brasil ( ver publicado aqui em 19/11 em 3 partes) , vamos mostrar a trajetória dos Festivais de Blues no Brasil. Serão 5 partes : O Brasil conhece o Blues; Brasil: Rota internacional do Blues; O Blues na era do marketing ; Os Festivais no novo século e, Os Festivais rescentes.
Se vc tiver alguma informação sobre o assunto e, por ventura, omitimos aqui, nos ajude a contar a história do Blues no Brasil.
O Blues com Z trabalha a serviço do Blues e da música de qualidade!!!

O Brasil conhece o Blues
Os festivais de jazz de São Paulo (1978 e 1980), Rio-Monterrey (1980) e Free Jazz, (foto do ticket) a partir de 1985), trouxeram ao Brasil importantes nomes do blues, como John Lee Hooker, Champion Jack Dupree, B.B. King, Albert King, Joe Willians, Clarence "Gatemounth" Brown, Bo Diddley. A noite de Blues do Free Jazz tornou-se a mais concorrida do festival, reunindo bluemem de todas as matizes, velhos e novos, bancos e negros.
O interesse pelo Blues no Brasil cresceu tanto que, no final dos anos 80, começaram a acontecer festivais especializados. O 1o Festival de Blues reuniu em julho de 1989, em Ribeirão Preto/SP, mestres como Buddy Guy, Junior Wells, Albert Collins, Magic Slim e Etta James, tendo ainda a participação dos pioneiros André Cristovam e Blues Etílicos. A atmosfera do festival foi de admirável descontração....

Por Edu Soliani
Texto extraido do livro "BLUES" - Da Lama à fama de Roberto Muggiatti (1995)

2 comentários:

Gustavo disse...

otimo livro este hein edu!
é um icone sobre o assunto.
leitura obrigatoria.
mt bem lembrado.
parabens pelas materias,estãop cada vez melhores!

Edu Soliani disse...

É, Gustavo. Este livro é obrigatório para quem tem interesse em Blues, especialmente o capítulo "Brazil Blues", de onde extraimos o texto.
Valeu!!!!!!