Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

25 de fevereiro de 2008

Panelinhas e frigideiras


A "Frying Pan (frigideira) (foto-modelo original), foi a primeira guitarra elétrica inventada e jamais produzida em escala. O instrumento foi criado em 1931 por George Beauchamp, posteriormente, fabricado pela Rickenbacker Electro. A Frying Pan é assim chamada por causa de sua forma: ela tem uma superfície plana e corpo circular. A pioneira foi feita de alumínio fundido . Beauchamp e Adolph Rickenbacker começaram a vender o Frying Pan, em 1932; porém, Beauchamp não patenteou sua idéia até 1937, fato que permitiu outras empresas a produzirem novos modelos de guitarra elétrica durante o mesmo período (Wikipedia).
Em resumo: nos anos 20 a idéia de instrumentos de cordas elétricas já estava no ar por algum tempo. Com os problemas societários se acumulando na National, George Beauchamp começou a pesquisar ávidamente essa possibilidade trabalhando à noite na mesa de jantar de sua casa. Acabou desenvolvendo o primeiro captador para guitarras, o "Horse Shoe" (ferradura). Ele foi montado num protótipo de guitarra havaiana feito à mão na garagem de sua casa pelo artesão Harry Watson e esta foi a primeira guitarra elétrica construída no mundo. É conhecida por "Frying Pan" (frigideira) por motivos óbvios.
Todos nos sabemos que a guitarra é o instrumento vital ao Blues. E quem um dia não tocou uma guitarra imaginária? Foram os bluesmen que eletrificaram a guitarra e foi Jimi Hendrix que a reinventou.
Agora, você pode estar perguntando. O que tem haver panelinhas e frigideira? Simples! Carinhosamente a primeira guitarra elétrica, como vimos acima, foi chamada de frying pan ou frigideira. Já as panelas tem uma grande utilidade nas cozinhas, mas criar "panelinhas" com suas respectivas tampas, típico do mundo corporativo, ignorando o que está em volta, não é o melhor caminho para nós que militamos no Blues. Desejamos que todos os apaixonados pelo gênero se unam por esta causa e que apareçam para dar sua contribuição. Vamos fritar nosso peixe numa frigideira coletiva e não nas "panelinhas" pessoais.

2 comentários:

WE MIS JIMI HENDRIX disse...

Ai mestre Edu vamos nos juntar no blues pois ele é a nossa força, nossa mae-terra. Aquele a quem devemos tudo. Dia nenhum da nossa vida podemos cuspir no blues. ele é nossa frigideira mochileira, nossa prato de refeição.

Viva o blues livre!

Edu Soliani disse...

hehehehe....É isso, Bob. O Blues é nosso alimento à Alma....feito numa frigideira....