Agora o Blues com Z é 100% Blues Brasil.
Essa é nossa mais nova iniciativa para divulgar e incentivar o gênero no país.
De Norte a Sul do Brasil o Blues é praticado e estamos abrindo espaço para todo brasuca que queira expressar seu feeling Blues.
Continuamos com os bate-papos. Toda semana um nome ou uma banda nacional para nos contar como é fazer Blues por aqui.
"....O velho Blues não tem formato, nem receira, nem religião,a cor da pele não se mete nisso..."




Seja bem-vindo, o blues vai rolar! E como dizia o mestre Muddy Waters, "pedras que rolam não criam limo".

28 de fevereiro de 2008

MANIFESTO BLUES



Segunda, 03/03, estréia na equipe do Blues com Z, BOB TEQUILLA(foto), que vem nos ajudar a melhorar a qualidade de áudio do programa.
E não é só isso. BOB é mais um 'velho' blueseiro, apaixonado por Jimi Hendrix, escondido nos confins desse país, ou mais precisamente no subterrâneo dele que, graças a internet, começa a brotar que nem minhoca em solo fértil.
O Manifesto abaixo é seu cartão de visitas.
Seja bem-vindo BOB no Blues com Z!


Vamos nos juntar no blues pois ele é a nossa força, nossa mãe-terra. Aquele a quem devemos tudo. Dia nenhum da nossa vida podemos cuspir no blues. Ele é nossa frigideira mochileira, nossa prato de refeição. O blues é a mesma fome que atravessa o Mississipi e deságua no Amazonas, é a mesma mão machucada pelo corte de cana, ou aquela que segura no apoio de um ônibus cheio de manhã. É a mesma mão calejada que segura uma fender triturada em qualquer lugar do mundo! Somos nós mesmos jogados de um lado pro outro nessa aventura inglória chamada vida cuja única recompensa ao final de tudo é descansar em paz! Mas como perguntou o poeta blues: e se eu continuar cansado mesmo depois da morte? E se o blues continuar correndo nesse sangue azul negro nas minhas veias mesmo depois de morto? O dia que eu morrer vou continuar tocando blues. Podemos todos morrer menos matar o blues! O blues é um só! ninguém é melhor ou mais blues! Se vc aprendeu blues na escola, praticando 8 horas por dia... adeus! Johny B.Goode sentado na linda do trem pode te ensinar uma lição do velho Robert esperando na encruzilhada compreendeu tudo da vida a filosofia ocidental nunca vai conseguir saber. Blues livre ? É tocar a guitarra, a gaita, o baixo, a tábua de lavar roupa,a frigideira, aquela e pentatônica... BLUES LIVRE.

3 comentários:

Zanata disse...

" (...)O blues é a mesma fome que atravessa o Mississipi e deságua no Amazonas, é a mesma mão machucada pelo corte de cana, ou aquela que segura no apoio de um ônibus cheio de manhã. É a mesma mão calejada que segura uma fender triturada em qualquer lugar do mundo! (...)"
BOB TEQUILA

ALMA LAVADA NO BLUES, SEM TER QUE PRECISAR SECAR!!
Inspirador !!!!!!

martha barbosa disse...

Adorei seu blog, é tudo que eu queria ,inteligente ,bem postado, e é claro os BLUES.Parabéns.meu blog é marthacorreaonline.blogspot.com

Claudio Ribeiro disse...

as mentes in-sanas criadas no bom e velho blues dão nisso !
A poesia/prosa de um Bob velho-garoto do blues, enaltecendo até à morte um som que não morre, , as frases in-coerentes da guitarra de um Zanata, estradeiro dos palcos que quer fixar no mundo uma poesia recheada de riffs, uma grande prateleira/coração de um Johnny obesa de sons que egoista que é, compartilha com todos , as pesquisas/garimpos de Mikhail, o Indiana Jones do som, sempre atras de uma arca perdida repleta de sons ...isso sem falar em Decios/Johanies, Terremotos e seus urros no palco, Edus, Gaspar e Soliane, à sua maneira nos trazendo a imagem e o som...

Sou novo ainda...um dia aprendo com eles.

Abraços a todos !